CFOP Energia Elétrica

1250 – COMPRAS DE ENERGIA ELÉTRICA

1251 – Compra de energia elétrica para distribuição ou comercialização

Classificam-se neste código as compras de energia elétrica utilizada em sistema de distribuição ou comercialização.
Também serão classificadas neste código as compras de energia elétrica por cooperativas para distribuição aos seus cooperados.

Veja a: tabela completa CFOP 

1252 – Compra de energia elétrica por estabelecimento industrial

Classificam-se neste código as compras de energia elétrica utilizada no processo de industrialização.
Também serão classificadas neste código as compras de energia elétrica utilizada por estabelecimento industrial de cooperativa.

1253 – Compra de energia elétrica por estabelecimento comercial

Classificam-se neste código as compras de energia elétrica utilizada por estabelecimento comercial.
Também serão classificadas neste código as compras de energia elétrica utilizada por estabelecimento comercial de cooperativa.

1254 – Compra de energia elétrica por estabelecimento prestador de serviço de transporte

Classificam-se neste código as compras de energia elétrica utilizada por estabelecimento prestador de serviços de transporte.

1255 – Compra de energia elétrica por estabelecimento prestador de serviço de comunicação

Classificam-se neste código as compras de energia elétrica utilizada por estabelecimento prestador de serviços de comunicação.

1256 – Compra de energia elétrica por estabelecimento de produtor rural

Classificam-se neste código as compras de energia elétrica utilizada por estabelecimento de produtor rural.

1257 – Compra de energia elétrica para consumo por demanda contratada

Classificam-se neste código as compras de energia elétrica para consumo por demanda contratada, que prevalecerá sobre os demais
códigos deste subgrupo.

Entendendo a Importância de CFOP e CST na Área Fiscal

Por Samuel Basso

Introdução

Fala, gestor! Hoje vou explicar a relevância de dois termos, CFOP e CST, na área fiscal. Para quem ainda não me conhece, sou Samuel Basso, e abordo temas como Finanças, Empreendedorismo e Gestão. Se interessar, deixe seu like, inscreva-se para receber notificações e vamos lá!

CFOP e Sua Importância

Muitas vezes, o termo CFOP parece complexo, mas como gestores, precisamos compreendê-lo para emitir notas fiscais corretamente. Não podemos depender apenas dos contadores; é essencial ter conhecimento básico para conferir e garantir a precisão das informações.

CFOP: Código Fiscal de Operação e Prestação

O CFOP é composto por quatro dígitos. Os três primeiros indicam a operação: 1, 2 e 3 para compras, 5, 6 e 7 para vendas. O último dígito especifica o motivo da transação, como compra para revenda (102) ou compra de matéria-prima (101). Cada código tem um significado específico.

Exemplo Prático

Se estou comprando um produto para revenda dentro do mesmo estado, utilizo o CFOP 5XXX. Se essa compra for de outro estado, o código inicial será 6XXX. Já para operações de importação, o código começa com 7XXX. Cada código reflete o motivo da transação.

CST: Código da Situação Tributária

O CST, formado por três dígitos, trata da tributação do produto. O primeiro indica a origem (0 para nacional, 1 para internacional). Os dois últimos detalham a tributação, como 00 para tributação integral, 020 para redução da base de cálculo ou isento.

Conclusão

Entender a diferença entre CFOP e CST é crucial. Selecionar erroneamente pode resultar em pagamento indevido de impostos ou perda de margem de lucro. Como gestores, devemos ter noção básica desses conceitos para garantir que as operações fiscais estejam corretas. Consultar o escritório de contabilidade é sempre recomendado.

Espero que esse overview tenha sido esclarecedor. Fique ligado e até o próximo vídeo!